A romantização da violência e abuso sexual através da literatura e do cinema

sexta-feira, setembro 15, 2017



 Farei uma breve análise sobre o casal de personagens Arlequina e Coringa, personagens dos quadrinhos e presentes no filme Esquadrão Suicida. A forma como o abuso é romantizado no filme mostra a falsa ideia que as mudanças ocorridas na vida da jovem, causadas pela violência e relacionamento abusivo a fazem bem. A jovem é iludida e submetida a tortura física e mental, sedendo então as pessoas psicológicas feitas por seu companheiro.

 Coringa manipula Arlequina o tempo todo e a agride constantemente, para o personagem sua companheira é um objeto para seu prazer e diversão, em vários momentos podemos vê-lo a tratando com desprezo, agredindo e até a submetendo a torturas. 

 Leva as mulheres a verem aquele relacionamento repleto de frustrações e problemas emocionais como modelo a ser seguido. Isso ocasiona sérios problemas a sociedade e as relações afetivas, nos levando a acreditar ser normal viver um relacionamento abusivo e a suportar ciúmes doentio, violência, agressões e ser tratada de forma inadequada por seus companheiros.

 O resultado de situações como essas podem ser observadas nos noticiários diariamente, onde vemos mulheres serem mortas por seus companheiros ou seus ex companheiros, deixando a vida, seus sonhos e planos e família, por acreditarem na falsa ideia que uma relação como essas pode ocasionar em um relacionamento saudável.

 O que os filmes e livros não nos contam, é que na vida real tentar romantizar relações abusivas geralmente não acaba tudo com um felizes para sempre. Na realidade em que vivemos, vítimas de relações abusivas não vivem casamentos felizes ou ficam juntos até que a morte os separem, pois o final dessas histórias na maioria das vezes não acabam bem. 

 Fuja de situações como essa no momento em que os primeiros problemas começarem a surgir. Afaste-se disto na primeira agressão que ocorrer, dê um basta quando as ameaças ou chantagens emocionais começarem a surgir, quando houver tentativas de justificar situações como essas afaste-se e busque ajuda, diga não a romantização de relações abusivas e abusos sexuais e morais.


You Might Also Like

10 comentários

a

"Os textos aqui postados são de autoria da blogueira, ao compartilhar ou copiar trechos de publicações, deve-se dar os créditos a quem escreveu ou citar o site de onde o conteúdo foi retirado".