A gente conversava todo dia, lembra?

segunda-feira, maio 22, 2017


 


 Hoje reencontrei quem um dia foi meu melhor amigo, ele era a pessoa mais próximo de mim, sabe aquela pessoa que te conhece como ninguém? Era ele, nos entreolhamos por um tempo e depois cada um seguiu seu caminho, sem ao menos  dizer um oi, ou dar aquele sorriso de reconhecimento.

 Fiquei com a imagem dele na minha cabeça por horas e horas, e me veio a pergunta: como pode duas pessoas que já foram tão intimas uma da outra se verem como desconhecidas? Tivemos uma vida, momentos compartilhados, uma história, como tudo chegou a esse ponto?

 A gente sem querer vai afastando as pessoas, deixando de ir visitar, de puxar assunto tanto nas redes sociais como pessoalmente e compartilhar confidencias. E sem perceber... a pessoa vai partindo, seguindo outros caminhos e se reencontrando em outras pessoas, outros lugares e grupos de amigos.

  Existe um grupo de amigos a cada fase de nossas vidas, na escola conhecemos as amigas que achamos que irão ser a madrinha de nossos filhos, convidar para nosso casamento ou fazer o mesmo curso na faculdade, quando pequenos temos aqueles amiguinhos de infância que brincamos sem  se preocupar com o futuro, apenas queremos companhia para a brincadeira, e assim sucessivamente.

 A medida que o tempo vai passando as pessoas vão seguindo em frente, e se formos para pra pensar hoje, muitos já passaram por nossas vidas e a maioria nem se despediu ao partir. A verdade é que nunca iremos aprender a dizer adeus ou conviver com as despedidas, mais temos que entender que elas são necessários, pois cada um toma seu rumo e nem sempre iremos para a mesma direção.


 E se a saudade bater? E se estiver frente a frente com alguém que não via a muito tempo, de um abraço bem apertado, conversem e relembre os bons momentos que viveram juntos. Não deixe alguém que já foi especial pra você passar ao seu lado, te ver e ir embora como se vocês fossem estranhos um ao outro.



You Might Also Like

6 comentários

"Os textos aqui postados são de autoria da blogueira, ao compartilhar ou copiar trechos de publicações, deve-se dar os créditos a quem escreveu ou citar o site de onde o conteúdo foi retirado".